Início » Cálculos e Cotizações » Impostos no Gorila

Impostos no Gorila

Entenda como manter os seus investimentos em fundos atualizados com as retenções do Imposto de Renda.

Neste post:

  1. O Gorila considera custos tributários nos cálculos de rentabilidade?
  2. Como posso ajustar as retenções tributárias na minha Carteira?
  3. Come-cotas: atualizando meu IR em fundos de investimento
  4. Como funciona o Come-cotas?

1. O Gorila considera custos tributários nos cálculos de rentabilidade?

Por enquanto a plataforma ainda não trata eventos tributários como Imposto de Renda (IR), Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) ou mesmo taxas de corretagem.

2. Como posso ajustar as retenções tributárias na minha carteira?

No caso específico dos investimentos em Fundos, você pode manter a sua carteira atualizada ajustando a quantidade de cotas retidas para fins de IR adicionando um resgate.

3. Come-cotas: atualizando meu IR em fundos de investimento

Para ajustar o número de cotas dos seus fundos no Gorila, com as cotas da sua corretora ou banco, você deverá boletar um resgate  de valor corresponde as cotas retidas pela Receita Federal. Basta seguir o passo-a-passo:

  1. Após o dia 30/11/2018, acesse o extrato da sua corretora ou banco e confirme o valor financeiro das cotas retidas para a provisão tributária.
  2. Com esse número em mãos, acesse o Gorila e inclua um resgate com esse valor correspondente no campo “Valor Resgatado”. Isso deve ser feito para cada um dos fundo em que você possuir posições ativas! Lembre de adicionar o dia 30/11/2018 como a data da movimentação e as cotas nós trazemos automaticamente 🙂

4. Como funciona o Come-cotas?

As alíquotas do Come-cotas só incidem sobre os lucros auferidos desde o último Come-cotas (ele ocorre sempre nos meses de Maio e Novembro) e  será aplicada a menor alíquota da tabela regressiva: 15% para os Fundos de Longo Prazo e 20% para os Fundos de Curto Prazo.

Esta informação foi útil?
15
1

Leia mais sobre esta categoria: