Previdência: veja como fica o desconto do INSS no seu salário - Gorilando

Artigos

Previdência: veja como fica o desconto do INSS no seu salário


Após a Reforma, o valor do desconto do INSS no salário vai mudar. Quem ganha mais vai ter um desconto maior para a aposentadoria

21/11/2019

SOUNDTRACK PARA OUVIR COM ESTE POST

Você deve ter visto por aqui que já falamos da Reforma da Previdência, né? Hoje vamos abordar como será o desconto do INSS no seu salário. Sim, teve alteração nesse ponto e pelas novas regras os trabalhadores com maiores salários contribuíram mais.

Como a Reforma foi promulgada pelo Congresso no dia 12 deste mês, as novas alíquotas já valerão para os salários de fevereiro do ano que vem, pagos em março. Isso porque o prazo para entrar em vigor é de 90 dias após a promulgação. 

Até lá vamos explicar de quanto vai ser essa alteração no desconto do INSS do seu salário. Pelas regras que conhecemos hoje, quem com carteira assinada no setor privado contribui com um percentual que vai de 8% a 11% do salário. Esse percentual é dividido em três faixas salariais: 

  • salário de até R$ 1.751,81: 8%
  • de 1.751,82 a R$ 2.919,72: 9%
  • de R$ 2.919,73 a R$ 5.839,45: 11%

Novas regras

Com as novas regras em vigor, as alíquotas vão variar de 7,5% a 14% para os trabalhadores do setor privado. Já para o setor público, os descontos podem chegar a 22%. 

Vale ressaltar que essas taxas são progressivas. O que isso significa? É que as taxas cobradas apenas sobre a parcela do salário que se enquadrar em cada faixa, num modelo semelhante ao do Imposto de Renda. O percentual de fato descontado do total dos ganhos (a alíquota efetiva) é menor. 

Ficou confuso? Vejamos alguns exemplo:

1 – Se uma pessoa recebe até um salário mínimo (R$ 998), a alíquota é única, de 7,5%. 

2 – Já se ela ganha R$ 1.100 por mês, ela estará na faixa de desconto de 9%, que abrange quem recebe entre R$ 998,01 e R$ 2 mil. Nesse caso, ela pagará 7,5% sobre R$ 998 (R$ 74,85), mais 9% sobre os R$ 102 que excedem esse valor (R$ 9,18). Juntando as contas, isso significa que o trabalhador pagará R$ 84,03, o que corresponde a 7,64% do seu salário. 

3 – Em alguns casos, o trabalhador vai pagar menos do que hoje. como nesse exemplo. Se o salário é de R$ 3000, o desconto era de R$ 330 e será de R$ 285,03. 

4 – Para quem trabalha no setor privado o máximo que o valor pode aumentar é R$ 40,21. Isso vale para os salários iguais ou acima do teto previdenciário, que é de R$ 5.839,45. Dessa forma, se o salário é de R$ 6.000, o desconto vai de R$ 642,34 para R$ 682,55. 

Confira abaixo a tabela completa da alíquota de contribuição:

Teto previdenciário

Já ouviu falar no teto previdenciário? Ele é o valor máximo do benefício recebido pelos trabalhadores do setor privado, que hoje é de R$ 5.839,45. Agora observe o raciocínio: mesmo que alguém ganhe mais do que esse salário, só contribui com 11% desse valor (o equivalente a R$ 642,34), porque não receberá mais do que o teto quando se aposentar. 

Segundo o governo, pela nova regra, para quem ganha o teto do INSS, de R$ 5.839,45, a cobrança efetiva seria de 11,69%. Assim, será acrescido R$ 40,21, totalizando um desconto de R$ 682,55 da folha de pagamento. Ufa, bastante cálculo, hein? 

Agora você ficou por dentro de como será o desconto do INSS do seu salário. Essa graninha a mais do desconto era parte do que você investe por mês? Aproveite para ler o artigo que fizemos sobre opções de investimentos para a aposentadoria

Até porque, como sabemos, o valor máximo que é possível receber, pelo governo, quando se aposentar é de R$ 5.839,45, não é mesmo?

Portanto, faça também sua parte economizando para investir para assim manter o padrão de gastos que tem hoje. Depois você controla a rentabilidade do seu patrimônio com a ajuda do Gorila

Não se esqueça de compartilhar esse artigo com os amigos. É só fazer isso clicando nas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter ou Linkedin

O Gorila oferece ferramentas para que você possa entender as opções de investimentos e tomar as melhores decisões quando se trata do seu dinheiro. Os guias que oferecemos e as informações que providenciamos são transparentes e isentas. Nós apresentamos os prós e contras das opções atualmente disponíveis. Esperamos que encontre o que é melhor para você!

VEJA TAMBÉM...

corretoras de investimentos
Guia de Corretoras

Corretoras de Investimentos

Já sabemos que a poupança não é a melhor alternativa para quem quer investir, não é mesmo? No meio dessa jornada, temos as corretoras de investimento. Entenda como funcionam esses "shoppings financeiros". ...

Guia de Bancos

Banco Next

Atrelado ao Banco Bradesco, o Next se apresenta com um visual bastante atraente para quem deseja migrar para uma conta digital. Confira suas vantagens e desvantagens segundo o Gorila....

Artigos

Conheça opções de investimento para os filhos

O Gorila resolveu dar uma mãozinha para quem quer fazer um investimento pensando nos filhos. As opções vão além da clássica poupança. ...

Artigos

Perder dinheiro com investimentos: como evitar?

Nenhum investidor está a salvo de ter perdas com seus aportes – sobretudo se eles são realizados sem o devido cuidado e atenção. Apesar disso, é possível evitar uma série de situações que podem levar você a perder parte ou até o total do seu valor apli...

Guia de Bancos

Nubank

O mercado hoje tem tantos cartões e contas digitais, que fica difícil saber qual o melhor, não é mesmo? O pioneiro Nubank vem se destacando, veja o porque em mais uma de nossas resenhas!...

Dashboard Gorila Invest

Gorila Invest

A melhor plataforma para
controlar seus investimentos

Uma nova forma de olhar para o seu dinheiro. Tenha suas informações financeiras consolidadas em um único lugar

Registre-se agora

Faça seu login

ou
Esqueceu sua senha?
AINDA NÃO TEM CONTA?
Cadastre-se