Descubra o que é e como é calculado o Índice Sharpe - Gorilando

Artigos

Descubra o que é e como é calculado o Índice Sharpe


O Índice Sharpe é um indicador que mede o retorno excedente de uma aplicação financeira em relação a outra aplicação livre de risco

05/09/2019

SOUNDTRACK PARA OUVIR COM ESTE POST

Você pode não ter ouvido falar no Índice Sharpe, mas ele pode te ajudar na análise dos investimentos. Criado por William Forsyth Sharpe, um dos nossos Figuras do Mercado, o Índice Sharpe é um indicador que mede o retorno excedente de uma aplicação financeira em relação a outra aplicação livre de risco. 

Traduzindo isso: ele ajuda a ter uma ideia da relação entre risco corrido e o retorno de diversificadas carteiras de investimentos. Ele é utilizado em diversos relatórios de mercado e o Gorila também traz o índice sharpe no novo relatório. Já reparou?

Relatório por Período
Índice Sharpe destacado dentro do novo relatório do Gorila

O que queremos explicar é que observar apenas a rentabilidade dos investimentos pode não ser a melhor decisão. É preciso levar em conta também o risco assumido. Dessa forma, o índice sharpe pode proporcionar uma informação a mais para o investidor.

Vamos pensar da seguinte forma: se você tem, por exemplo, o CDI como ativo livre de risco de referência, então para superá-lo é preciso correr mais risco do que a volatilidade do próprio CDI. E é justamente o índice sharpe que vai dizer isso: quanto de retorno você teve pelo risco adicional que correu, considerando como risco, a volatilidade.

Para chegar ao valor do índice existe uma conta matemática. Calma, não precisa se assustar com os cálculos porque o Gorila já faz isso automaticamente por você. 🤓

Fórmula do Índice Sharpe: 

Índice Sharpe = (Retorno da carteira – Taxa Livre de Risco) / Volatilidade

A volatilidade deve ser entendida como o risco do ativo avaliado. 

Mas vamos ver melhor tudo isso com um exemplo. Suponha que você quer descobrir o índice de sharpe do fundo X e tenha os seguintes dados:

Retorno anual do fundo (investimento analisado) de 15%

Retorno anual da taxa DI (investimento livre de risco) de 10%

Volatilidade anual do investimento analisado de 10%

Com esses valores, vamos aplicar a fórmula. 

IS = (0,15 – 0,10) / 0,10 = 0,5

O resultado final é que para o fundo X o índice sharpe é 0,5. 

Interpretando o número

E o que isso significa? Bom, para cada 1 ponto de risco que o investidor correu no passado com o fundo X ele conseguiu um retorno de 0,5 pontos de rentabilidade acima daquela que receberia se tivesse aplicado seu dinheiro em algo menos arriscado (no Brasil o CDI).

Assim, para aumentar a rentabilidade, consequentemente foi preciso aumentar o risco que o investidor precisou correr. 

O ideal que é o índice sharpe esteja sempre maior do que 1, para que o risco que você irá tomar seja justificado pelo retorno trazido. Uma aplicação que tenha um ótimo rendimento, mas alta volatilidade, terá um Sharpe mais baixo. 

E se der negativo?

Pode acontecer de ao fazer o cálculo do índice sharpe o resultado seja negativo. Nesse caso, seria mais adequado pensar em investir em um ativo que tenha taxa livre de risco, como normalmente são os ativos de renda fixa. Mas isso vai muito da estratégia do investidor. 

Como o esperado é que os investimentos tenham um índice sharpe com valores positivos, a dica é sempre comparar ativos parecidos e optar por aquele que tiver o maior valor . 

Vale ressaltar que o índice sharpe não mostra qual é o ativo que o investidor deve escolher. Ele é apenas mais uma ferramenta a ser considerada na hora em que estamos analisando um ativo. Vendo qual dos investimentos é o investimento mais adequado para determinado perfil de investidor ou estratégia de investimento.

E como o índice se utiliza de retornos passados, obtidos em circunstâncias de mercado também passadas, nada garante que ele se repetirá no futuro, pois como sabemos a economia é dinâmica e sempre há oscilações. 

Curtiu?

Diz para o Gorilando, será que a partir de agora você vai começar a analisar o índice sharpe da sua carteira de investimento? Aproveita para compartilhar este artigo com um amigo através das nossas redes sociais:  Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin

O Gorila oferece ferramentas para que você possa entender as opções de investimentos e tomar as melhores decisões quando se trata do seu dinheiro. Os guias que oferecemos e as informações que providenciamos são transparentes e isentas. Nós apresentamos os prós e contras das opções atualmente disponíveis. Esperamos que encontre o que é melhor para você!

VEJA TAMBÉM...

corretoras de investimentos
Guia de Corretoras

Corretoras de Investimentos

Já sabemos que a poupança não é a melhor alternativa para quem quer investir, não é mesmo? No meio dessa jornada, temos as corretoras de investimento. Entenda como funcionam esses "shoppings financeiros". ...

Guia de Bancos

Banco Next

Atrelado ao Banco Bradesco, o Next se apresenta com um visual bastante atraente para quem deseja migrar para uma conta digital. Confira suas vantagens e desvantagens segundo o Gorila....

Artigos

Como se Divide o Mercado Financeiro

Sempre em pauta nos jornais e portais de notícias, o tema mercado financeiro pode parecer um tanto complicado de compreender a princípio, já que têm-se a ideia errada de que ele está ligado somente à Bolsa de Valores. Na verdade, ele faz parte de todo um sist...

Artigos

6 Dicas práticas para juntar mais dinheiro no seu dia a dia

Confira 6 dicas práticas para juntar mais dinheiro no seu dia a dia e caminhe a passos mais largos rumo à sua independência financeira...

Artigos

Gorila na StartSe

Participamos da maior feira de fintechs da América Latina e confira nossa impressão sobre o evento ...

Dashboard Gorila Invest

Gorila Invest

A melhor plataforma para
controlar seus investimentos

Uma nova forma de olhar para o seu dinheiro. Tenha suas informações financeiras consolidadas em um único lugar

Registre-se agora

Faça seu login

ou
Esqueceu sua senha?
AINDA NÃO TEM CONTA?
Cadastre-se