Como usar o método 50-30-20 no seu dia a dia? - Gorilando

Artigos

Como usar o método 50-30-20 no seu dia a dia?


O método 50-30-20 é bastante eficaz para organizar as finanças. Aprenda agora mesmo a utilizá-lo e deixe sua vida financeira mais organizada!

17/12/2019

Fazer um orçamento pode ser difícil para alguns. Felizmente, há maneiras muito eficazes de organizar um orçamento que podem ajudar qualquer um a administrar bem seu dinheiro. Um deles é o método 50-30-20, que pode simplificar a forma como você destina seus rendimentos.

Um orçamento pessoal exige disciplina e é importante que tudo o que envolve seu dinheiro seja anotado. Esse processo mais tradicional pode demorar, principalmente para aqueles que não têm ideia de quanto deve ser gasto no dia a dia, quanto deve ser destinado para as diversas atividades da vida e qual o valor ideal para emergências e reservas para o futuro. 

Se você pensa a mesma coisa dos métodos tradicionais, acha complicado anotar seus gastos e controlar suas despesas dessa maneira, seus problemas acabaram!  Aprenda agora como utilizar o simples método 50-30-20 e nunca mais tenha problemas com o seu orçamento

Acompanhe!

O que é o método 50-30-20? 

Essa regra 50-30-20 foi criada nos Estados Unidos para ajudar as pessoas a controlarem melhor suas finanças e saber a quantidade que podem gastar em cada âmbito da sua vida pessoal. 

O método divide o orçamento em três partes, a saber:

  • 50% da sua renda deve ser utilizada com suas necessidades do dia a dia, como alimentação, impostos, moradia e transporte;
  • 30% e a porcentagem que pode ser utilizada na compra do que você quer, mas que não sejam necessárias, como compras, viagens e jantares, dentre outros;
  • 20% deve ser utilizado nos objetivos financeiros, como reserva de emergência, pagamento de dívidas, investimentos ou reservas para o futuro. 

Se você não sabe como dividir seu orçamento em porcentagem, é só calcular 50%, 30% e 20% de todas as suas fontes de rendas, que pode ser somente o salário, por exemplo. O valor correspondente a cada percentual será o montante que você deve aplicar, respectivamente. 

Assim fica mais fácil, não é mesmo? O método 50-30-20 é indicado para todos que tem dificuldade em montar um orçamento e ajuda a equilibrar nossa vida entre obrigações, lazer e objetivos. 

Utilizar esse método lhe possibilita viver sem prejuízos e de forma tranquila. Ou seja, você terá como pagar suas necessidades básicas, desfrutará de momentos de diversão e prazer e irá guardar para seu futuro, para cumprir as suas metas.

Por essa facilidade, é uma ótima opção para os iniciantes que precisam criar um orçamento. Se você não souber como organizar o orçamento e como dividir os gastos do mês, o método 50-30-20 pode ser o melhor ponto de partida para controlar suas finanças de forma eficiente. 

Como utilizar o método 50-30-20? 

A primeira ação que você deve tomar é anotar todos os seus gastos e ganhos. Dessa forma, você saberá onde está gastando seu dinheiro e em quais áreas você está despendendo dinheiro em excesso, para poder eliminar os gastos sobressalentes. 

Essa parte pode ser a mais demorada e trabalhosa, mas deve ser realizada satisfatoriamente. Depois disso, você poderá separar os gastos essenciais, os gastos pessoais e o valor a ser utilizado para quitar dívidas e investir.

Bom, mas o que deve ser considerado em cada categoria? Isso é o que você verá a seguir.  A facilidade do método está justamente em não precisar dividir as despesas em diversos grupos, apenas três. 

Gastos necessários (50%)

Os gastos necessários são aqueles que você deve ter para sobreviver e ter uma vida confortável. Nessa categoria, devem ser incluídas despesas como: aluguel, condomínio, conta de luz, alimentação, transporte, e outros. 

Para não restar dúvidas se a despesa é necessária ou não, entenda como aquelas que você precisa realizar para viver, que atendam a necessidades fisiológicas e de segurança, principalmente. Os gastos necessários geralmente são os mesmos para a maioria das pessoas. 

Na separação dos gastos obrigatórios, você precisa saber diferenciar necessidades de desejos. Por exemplo, comprar uma calça para trabalhar é necessidade, mas comprar algumas roupas simplesmente por ter gostado das peças – sem que realmente precise delas – é desejo. 

Algumas despesas podem ser consideradas necessárias ou não. Isso depende da opinião pessoal. Por exemplo, pagar academia pode ser considerado algo essencial para uns, enquanto para outros é apenas um hobby. Ou seja, algo que eventualmente pode ser substituído. 

O mesmo vale para planos de saúde, cursos, assinaturas de algum serviço, entre outros. Depende de cada um. Por isso, é importante analisar e separar com calma essas despesas, pois serão utilizados 50% do seu orçamento para isso. 

Gastos pessoais e com lazer (30%)

Poderão ser utilizados 30% do seu orçamento em gastos com seus desejos pessoais. Ou seja, despesas que lhe proporcionem conforto e momentos felizes, como refeições fora de casa, viagens e passeios. 

Trata-se de uma categoria muito pessoal, pois somente você poderá definir o que lhe faz bem e com o que você deve utilizar esses 30%. Enquanto que os gastos obrigatórios dificilmente podem ser alterados ou cortados, os gastos pessoais podem ter reajustes. 

O ideal é você ajustar esses gastos com a condição financeira e de vida que você tem, para evitar estourar nessa categoria. 

Gastos com dívidas e investimentos (20%)

Aqui você inclui os gastos com dívidas de bancos, boletos e outras pendências. Contudo, o objetivo principal deve ser utilizar esse percentual para guardar dinheiro para o futuro e, principalmente, para investir. 

Se tiver dívidas, elimine-as primeiro. Depois, eduque-se financeiramente e aprenda a não comprar por impulso para não prejudicar mais sua vida financeira. 

É aconselhável estudar sobre investimentos e utilizar esses 20% totalmente nisso. Tenha em mente que você deve fazer uma reserva de emergência e escolher investimentos para curto, médio e longo prazo.  

Qual a importância de usar um método para organizar as finanças? 

Dividir o salário em porcentagens pode parecer que lhe deixará sem dinheiro para viver, mas com o tempo você aprende melhor a se conter na hora de comprar alguma coisa. Fazer um orçamento é importante para termos controle sobre o nosso dinheiro, saber onde ele é gasto e como utilizá-lo de maneira inteligente. 

Um método pode tornar a tarefa mais simples e eficaz, além de possibilitar que todos consigam fazer isso. Se você precisa saber como organizar o orçamento familiar, o método 50-30-20 traz facilidades como: clareza na hora da organização das despesas e como o dinheiro é utilizado e flexibilidade. Ou seja, esses três percentuais podem ser modificados. 

De fato, 20% para investimentos pode ser pouco para alguns, assim como 30% para lazer pode ser um exagero. Se quiser, você pode modificar e utilizar mais em investimentos, como 30% ou até mais, e 20% ou menos em lazer, por exemplo. 

Inclusive, se conseguir, guardar mais do que 30% em investimentos pode ser interessante. Estabelecer a porcentagem em cada categoria depende de cada um. 

O ideal é que a pessoa saiba dividir bem seu dinheiro para utilizá-lo da melhor maneira possível. Mas se nao souber como gostaria de dividir, considere 50-30-20 um bom começo. Adapte no futuro se achar melhor.  

Conclusão

O método 50-30-20 surgiu como uma maneira fácil de organizar o orçamento, utilizando maneiras simples de dividir as despesas e o dinheiro para ser utilizado em cada categoria. Pode parecer difícil no início, mas é totalmente possível.

Se você acha que não pode dividir seu orçamento agora utilizando esse método, organize-se financeiramente e depois coloque-o em prática, adequando seus hábitos e estilo de vida para se enquadrarem no seu orçamento. 

O método é muito eficaz e lhe ajudará a utilizar seu dinheiro com responsabilidade. Portanto, aplique-o o quanto antes e tenha uma vida financeira estável e saudável! 

E você, quer saber como alcançar a independência financeira? Então descubra 7 hábitos milionários que podem lhe ajudar nisso

O Gorila oferece ferramentas para que você possa entender as opções de investimentos e tomar as melhores decisões quando se trata do seu dinheiro. Os guias que oferecemos e as informações que providenciamos são transparentes e isentas. Nós apresentamos os prós e contras das opções atualmente disponíveis. Esperamos que encontre o que é melhor para você!

VEJA TAMBÉM...

corretoras de investimentos
Guia de Corretoras

Corretoras de Investimentos

Já sabemos que a poupança não é a melhor alternativa para quem quer investir, não é mesmo? No meio dessa jornada, temos as corretoras de investimento. Entenda como funcionam esses "shoppings financeiros". ...

Guia de Bancos

Banco Next

Atrelado ao Banco Bradesco, o Next se apresenta com um visual bastante atraente para quem deseja migrar para uma conta digital. Confira suas vantagens e desvantagens segundo o Gorila....

LTN
Guia de Produtos

LTN – Letras do Tesouro Nacional

Vamos aos personagens dessa “novela”: nessa modalidade de investimentos é o governo brasileiro que pega emprestado com você – o herói “emprestador de dinheiro”....

Economia

Por que as empresas estão se tornando fintechs?

Facebook, Apple e Pernambucanas são algumas companhias que estão tentando inovar no mercado financeiro, seja com a própria moeda, cartão de crédito ou conta digital ...

Artigos

Como definir metas financeiras de curto, médio e longo prazo?

Definir metas financeiras é essencial para termos um futuro estável e realizar nossos sonhos. Descubra no artigo como fazer isso de forma simples e eficaz! ...

Dashboard Gorila Invest

Gorila Invest

A melhor plataforma para
controlar seus investimentos

Uma nova forma de olhar para o seu dinheiro. Tenha suas informações financeiras consolidadas em um único lugar

Registre-se agora

Faça seu login

ou
Esqueceu sua senha?
AINDA NÃO TEM CONTA?
Cadastre-se